• Português

19.06.2017 - Grupo Assessor da Sociedade Civil da ONU Mulheres se reúne em Brasília


Instância constitui espaços de interlocução estabelecidos a nível global, regional e nacional com o propósito de facilitar consultas efetivas, contínuas e estruturadas entre a sociedade civil e a ONU Mulheres

Grupo Assessor da Sociedade Civil da ONU Mulheres se reúne em Brasília/

Assessoras da sociedade civil e integrantes da ONU Mulheres Brasil
Foto: ONU Mulheres/Mara Silva

Por dois dias, a ONU Mulheres Brasil se reuniu com o Grupo Assessor da Sociedade Civil (GASC), em Brasília, para promover a integração entre a sua antiga composição e a recém-empossada pelo edital 2017. O encontro aconteceu nos dias 8 e 9 de junho.

Na reunião, a representante da ONU Mulheres Brasil, Nadine Gasman, apresentou o plano de trabalho da entidade e o programa para promover a igualdade de gênero e o empoderamento das mulheres no País. Destacou as parcerias com o governo brasileiro, setor privado e sociedade civil. E sinalizou as instâncias de incidência política internacional, a exemplo da Comissão da ONU sobre a Situação das Mulheres (CSW), como espaços importantes para as negociações sobre direitos das mulheres em âmbito nacional e internacional.

No encontro, o GASC fez análise do contexto nacional sobre os direitos das mulheres e fez sugestões para o trabalho da ONU Mulheres, em especial os temas mulheres negras, mulheres indígenas, trabalhadoras domésticas, educação com perspectiva de gênero, prevenção e eliminação da violência contra as mulheres e promoção do empoderamento econômico. Agregou questões referentes aos direitos das mulheres lésbicas, bissexuais e trans, trabalhadoras sexuais e economia solidária. Durante o encontro, as assessoras da sociedade civil elencaram como áreas de preocupação as institucionalidades governamentais sobre mulheres, igualdade racial, juventude, saúde e trabalho e emprego.

Participação social – Os Grupos Assessores da Sociedade Civil da ONU Mulheres são espaços estabelecidos a nível global, regional e nacional com o propósito de facilitar consultas efetivas, contínuas e estruturadas entre a sociedade civil e a ONU Mulheres. Tratam-se de instâncias para enriquecer o desenvolvimento de políticas e programas com a experiência, as perspectivas e os conhecimentos da sociedade civil; e promover parcerias duradouras entre a ONU Mulheres e a sociedade civil pela igualdade de gênero e o empoderamento das mulheres.