• Português

Mulheres Negras Rumo a um Planeta 50-50 em 2030

 | Playlist Década Internacional de Afrodescendentes | Playlist Gênero e Raça (vídeos) | Publicações |

Galerias >> Marcha das Mulheres Negras | 1a Reunião Regional da Década Afro | AWID

Mulheres Negras Rumo a um Planeta 50 50 em 2030/

As mulheres negras no Brasil são 55,6 milhões, chefiam 41,1% das famílias negras e recebem, em média, 58,2% da renda das mulheres brancas, de acordo com os dados de 2015 extraídos do Retrato das Desigualdades de Gênero e Raça.

Em cada três mulheres presas, duas são negras num total de 37, 8 mil detentas – quantidade que se elevou em 545%, entre 2000 e 2015, de acordo o Infopen Mulher. E entre 2003 a 2013, houve um aumento de 54% no número de assassinatos de mulheres negras enquanto houve redução em 10% na quantidade de assassinatos de mulheres brancas. No quadro diretivo das maiores empresas no Brasil, as negras são apenas 0,4% das executivas – apenas duas num total de 548 executivos e executivas.

Mulheres Negras Rumo a um Planeta 50 50 em 2030/

Em atenção à situação das afro-brasileiras, a ONU Mulheres Brasil está desenvolvendo a estratégia “Mulheres Negras rumo a um Planeta 50-50 em 2030”, articulando o advocacy público de compromissos nacionais em favor do Marco de Parceria das Nações Unidas para o Desenvolvimento Sustentável 2017-2021, que adota como diretriz o enfrentamento ao racismo e a eliminação das desigualdades de gênero no País, baseada na Agenda 2030 de Desenvolvimento Sustentável e na Década Internacional de Afrodescendentes (2015-2024).

O instrumento apoia o desenvolvimento de políticas públicas por meio da cooperação técnica da ONU Brasil como o governo brasileiro, além de ações com empresas e universidades, como estabelecem o Plano de Ação de Durban e o Plano de Ação de Pequim.

Mulheres Negras Rumo a um Planeta 50 50 em 2030/

Em 2015, a ONU Mulheres apoiou a realização da Marcha das Mulheres Negras contra o Racismo e a Violência e pelo Bem Viver. Na ocasião, a subsecretária Geral da ONU e diretora executiva da ONU Mulheres, a sul-africana Phumzile Mlambo-Ngcuka, esteve presente à manifestação de 2015.

Mulheres Negras Rumo a um Planeta 50 50 em 2030/

A estratégia Mulheres Negras Rumo a um Planeta 50-50 em 2030 tem como objetivo visibilizar as mulheres negras como um dos grupos mais vulneráveis e prioritários na promoção da igualdade de gênero e no enfrentamento ao racismo. Conta com o apoio das organizações de mulheres negras, youtubers e blogueiras negras, além de apoiadoras públicas.

Mulheres Negras Rumo a um Planeta 50 50 em 2030/

 

Mulheres Negras Rumo a um Planeta 50 50 em 2030/

KENIA MARIA – Defensora dos Direitos das Mulheres Negras da ONU Mulheres Brasil
No Dia Internacional pela Eliminação da Discriminação Racial, 21 de março de 2017, a ONU Mulheres Brasil nomeou a atriz, escritora e roteirista Kenia Maria como Defensora dos Direitos das Mulheres Negras, em apoio à Década Internacional de Afrodesdescendentes (2015-2024) e à iniciativa global Por um Planeta 50-50 em 2030: um passo decisivo pela igualdade de gênero no marco da Agenda 2030 de Desenvolvimento Sustentável. No Brasil, esses marcos estão aglutinados na estratégia Mulheres Negras Rumo a um Planeta 50-50 em 2030, lançada, em março de 2017, pela ONU Mulheres no País.

Mulheres Negras Rumo a um Planeta 50 50 em 2030/

Engajamentos: Dia Internacional das Mulheres (2017) | Youtubers negras na Década Internacional de Afrodescendentes | Dia Nacional da Trabalhadora Doméstica (2017) |

Confira>> Galeria de Fotos | Acesse >> onumulheres.org.br/kenia-maria

TAÍS ARAÚJO – Defensora dos Direitos das Mulheres Negras da ONU Mulheres Brasil
Por ocasião do #JulhoDasPretas 2017– período de mobilização do movimento de mulheres negras em decorrência do 25 de Julho, Dia da Mulher Afro-latino-americana, Afro-caribenha e da Diáspora –, a ONU Mulheres Brasil nomeou Taís Araújo como defensora dos Direitos das Mulheres Negras. A atriz passa a apoiar a visibilidade das mulheres negras como um dos grupos prioritários do Plano de Trabalho da ONU Brasil para a Década Internacional de Afrodescendentes, alinhado com o princípio de não deixar ninguém para trás, focando nos grupos em situação de maior vulnerabilidade, preconizado na Agenda 2030 e nos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) e ressaltado no Marco de Parceria para o Desenvolvimento Sustentável 2017-2021. Estes princípios estão aglutinados na estratégia de comunicação da ONU Mulheres Brasil Mulheres Negras Rumo a um Planeta 50-50 em 2030.

Mulheres Negras Rumo a um Planeta 50 50 em 2030/

Engajamentos: Dia da Mulher Afrolatinoamericana, Afro-caribenha e da Diáspora (2016) Dia Internacional das Mulheres (2017)

Confira>> Galeria de fotos | Acesse>> onumulheres.org.br/tais-araujo

:::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::

Notícias:

07.07.2017 – Grupo Temático de Gênero, Raça e Etnia da ONU discute situação das mulheres negras no Brasil

06.07.2017 – ONU Mulheres e movimento de mulheres negras discutem ações para a Agenda 2030 e a Década Internacional de Afrodescendentes

03.07.2017 – ONU Mulheres Brasil nomeia Taís Araújo como defensora dos Direitos das Mulheres Negras

05.06.2017 – Festival Latinidades faz campanha de doações coletivas

15.05.2017 - No Dia Internacional das Famílias, mulheres negras contam impacto do racismo e da violência contra a juventude negra

21.03.2017 – ONU Mulheres Brasil nomeia Kenia Maria como Defensora dos Direitos das Mulheres Negras

21.03.2017 – De olho na Década Internacional de Afrodescendentes, youtubers negras contam quais ações almejam para o combate ao racismo

08.03.2017 – Ativistas dos movimentos de mulheres e feministas são homenageadas pela ONU Mulheres na ciranda virtual Planeta 50-50

10.09.2016 – “Nos próximos cinco anos, nós, juntas, temos muito trabalho para fazer”, diz diretora da ONU Mulheres para mulheres negras latino-americanas e africanas

05.08.2016 – “Estamos com vocês e estamos aqui para ficar”, diz diretora executiva da ONU Mulheres para ativistas feministas

25.07.2016 – “Que mulher negra é um exemplo para você?”, responda em vídeo ao desafio da Articulação de Mulheres Negras Brasileiras e da ONU Mulheres

18.11.2015 – Diretora executiva da ONU Mulheres marcha com as mulheres negras brasileiras contra o racismo, a violência e pelo bem viver