6 resultado(s) encontrado(s)
Resultado da pesquisa pelo ano de  
1 - 6 de 6 Resultado(s)
Tipo de Arquivo: PDF Tamanho: 6.7 MB Quantidade: 250 páginas

USO DO TEMPO E GÊNERO

2016 Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ), Secretaria de Políticas para as Mulheres (SPM) e Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (IPEA) Empoderamento Econômico

Este livro é, em grande parte, composto de trabalhos de pesquisas apresentados na 35a Conferência da Associação Internacional de Pesquisa de Uso do Tempo (IATUR), realizada no Rio de Janeiro no ano de 2013. Os artigos selecionados foram estruturados, portanto, em torno da rubrica acadêmica Uso do Tempo. Esta expressão remete a um campo de estudos interdisciplinares e aglutina uma miríade de trabalhos de cunho estatístico, sociológico, demográfico, econômico e de outras áreas das Ciências Humanas e Sociais.
Tipo de Arquivo: PDF Tamanho: 9.9 MB Quantidade: 40 páginas

Retrato das Desigualdades de Gênero e Raça 4a edição

2011 Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada Ipea, ONU Mulheres, Secretaria de Políticas para as Mulheres SPM, Secretaria de Políticas de Promoção da Igualdade Racial SEPPIR Gênero e Raça

"Um país que conhece a sua população tem mais chances de investir melhor seus recursos para enfrentar desigualdades e questões sociais. E nesse sentido que a ONU Mulheres, por meio do Programa Regional de Incorporação das Dimensões da Igualdade de Gênero, Raça e Etnia em Programas de Combate á Pobreza em Quatro Países da América Latina: Bolívia, Brasil, Guatemala e Paraguai, tem fomentado e apoiado projetos para produção e divulgação de dados estatísticos desagregados por sexo, raça/cor e etnia. O Retrato das Desigualdades, que é um desses proj...Leia mais >>>
"Um país que conhece a sua população tem mais chances de investir melhor seus recursos para enfrentar desigualdades e questões sociais. E nesse sentido que a ONU Mulheres, por meio do Programa Regional de Incorporação das Dimensões da Igualdade de Gênero, Raça e Etnia em Programas de Combate á Pobreza em Quatro Países da América Latina: Bolívia, Brasil, Guatemala e Paraguai, tem fomentado e apoiado projetos para produção e divulgação de dados estatísticos desagregados por sexo, raça/cor e etnia. O Retrato das Desigualdades, que é um desses projetos, consolidou-se como instrumento de referência para a compreensão das desigualdades de gênero e raça no Brasil. Em sua quarta edição, a publicação fornece ao público dados estatísticos, que compreendem o período de 1995 a 2009, sobre os mais diferentes temas. O objetivo é que os números aqui disponibilizados possam ser lidos por gestoras e gestores públicos, pesquisadores e pesquisadoras, e especialistas, enquanto subsídio para análises, bem como para a formulação de políticas públicas mais equitativas e focalizadas."
Tipo de Arquivo: PDF 9.8 MB Tamanho: Quantidade: 434 páginas

O Progresso das Mulheres no Brasil 2003–2010

2011 Cepia – Cidadania, Estudo, Pesquisa, informação e ação, ONU Mulheres Brasil Desenvolvimento

"A Cepia, com o apoio da ONU Mulheres, reedita, amplia e atualiza o livro O Progresso das Mulheres no Brasil, analisando a situação da mulher no período 2003-2010 nas áreas do trabalho, da política, dos direitos civis e políticos, da violência, da educação, da saúde e direitos sexuais e reprodutivos, no ambiente rural e urbano. Analisa também a diversidade étnico-racial e traça percursos da ação de advocacy dos direitos humanos das mulheres. Com a contribuição de renomados especialistas, esta publicação apresenta os avanços ocorridos e os desaf...Leia mais >>>
"A Cepia, com o apoio da ONU Mulheres, reedita, amplia e atualiza o livro O Progresso das Mulheres no Brasil, analisando a situação da mulher no período 2003-2010 nas áreas do trabalho, da política, dos direitos civis e políticos, da violência, da educação, da saúde e direitos sexuais e reprodutivos, no ambiente rural e urbano. Analisa também a diversidade étnico-racial e traça percursos da ação de advocacy dos direitos humanos das mulheres. Com a contribuição de renomados especialistas, esta publicação apresenta os avanços ocorridos e os desafios para as próximas décadas. A Cepia e a ONU Mulheres esperam que essa publicação representa um instrumento de conhecimento e de atuação política na promoção do Progresso das Mulheres Brasileiras."
Tipo de Arquivo: PDF Tamanho: 3.1 MB Quantidade: 36 páginas

Retrato das Desigualdades de Gênero e Raça 3a edição

2008 Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada – Ipea, ONU Mulheres, Secretaria de Políticas para as Mulheres – SPM Gênero e Raça

"A presente publicação apresenta, para cada bloco temático, um conjunto de indicadores que permite construir um completo diagnóstico sobre a situação dos diversos grupos sociais em uma área específica, além de um infográfico que ilustra um indicador selecionado deste rol. Acompanha, ainda, esta revista, um CD-ROM, a partir do qual todas as 209 tabelas podem ser acessadas em formato Excel, além das notas metodológicas, da publicação, dos infográficos em formato pdf e dos documentos analíticos das edições anteriores do Retrato. Finalmente, acompa...Leia mais >>>
"A presente publicação apresenta, para cada bloco temático, um conjunto de indicadores que permite construir um completo diagnóstico sobre a situação dos diversos grupos sociais em uma área específica, além de um infográfico que ilustra um indicador selecionado deste rol. Acompanha, ainda, esta revista, um CD-ROM, a partir do qual todas as 209 tabelas podem ser acessadas em formato Excel, além das notas metodológicas, da publicação, dos infográficos em formato pdf e dos documentos analíticos das edições anteriores do Retrato. Finalmente, acompanha também esta publicação um cartaz com alguns dos infográficos produzidos. Com esta iniciativa, mais uma vez o UNIFEM, o Ipea e, a partir desta edição, a SPM disponibiliza informações relevantes para o conhecimento das desigualdades que marcam a sociedade brasileira. Acreditamos que somente a partir do conhecimento dessa realidade é possível traçar estratégias para a promoção da igualdade, a consolidação de nossa democracia e, com isso, a construção de um país mais justo."
Tipo de Arquivo: PDF Tamanho: 842 KB Quantidade: 59 páginas

Retrato das Desigualdades de Gênero e Raça 2a edição

2006 Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada – Ipea, ONU Mulheres Gênero e Raça

"O Ipea e o Unifem trazem, agora, a público, a segunda edição do Retrato das Desigualdades. As novidades resultam, principalmente, de sugestões e comentários feitos pesquisadoras responsáveis pelo estudo. Inicialmente, há uma atualização das informações apresentadas em 2005. A primeira edição do Retrato trouxe indicadores que cobriam o período 1993 a 2003. Com o lançamento da última PNAD, relativa ao ano de 2004, a série histórica de que trata o estudo foi ampliada, comportando agora uma análise que recobre um espaço temporal de 12 anos . Adema...Leia mais >>>
"O Ipea e o Unifem trazem, agora, a público, a segunda edição do Retrato das Desigualdades. As novidades resultam, principalmente, de sugestões e comentários feitos pesquisadoras responsáveis pelo estudo. Inicialmente, há uma atualização das informações apresentadas em 2005. A primeira edição do Retrato trouxe indicadores que cobriam o período 1993 a 2003. Com o lançamento da última PNAD, relativa ao ano de 2004, a série histórica de que trata o estudo foi ampliada, comportando agora uma análise que recobre um espaço temporal de 12 anos . Ademais, uma série de informações foi desagregada segundo a localização dos domicílios, de modo a permitir a visualização das desigualdades entre os meios urbano e rural e as diferenças entre as condições de vida dos habitantes de cada um desses espaços, de acordo com seu sexo e cor/raça. Agrega-se, dessa forma, uma outra face importante da desigualdade brasileira, também determinante para a configuração de nossa sociedade."
Tipo de Arquivo: PDF Tamanho: 191 KB Quantidade: 31 páginas

Retrato das Desigualdades de Gênero e Raça 1a edição

2003 Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada – Ipea, ONU Mulheres Gênero e Raça

A motivação inicial para a realização deste estudo foi apontar, de forma clara e compreensível, as enormes desigualdades que se manifestam entre negros e brancos e homens e mulheres nos mais diferentes espaço da sociedade (educação, mercado de trabalho, acesso a bens e serviços, etc). Nesse sentido, destaca-se, ainda, a situação a que mulheres negras, vítimas do racismo e do sexíssimo, estão submetidas, possuindo os piores indicadores em praticamente todas as áreas analisadas.