6 resultado(s) encontrado(s)
Resultado da pesquisa pelo ano de  
1 - 6 de 6 Resultado(s)
Tipo de Arquivo: PDF Tamanho: 2 Quantidade: 16 páginas

Programa Conjunto LEAP "Liderança, Empoderamento, Acesso e Proteção para mulheres migrantes, solicitantes de refugio e refugiadas no Brasil" Estudo de caso (Inglês)

2021 ONU Mulheres Brasil, ACNUR, UNFPA Ação Humanitária

"A partir de 2018, a crise humanitária venezuelana passou a ter impactos mais significativos no Brasil, com o aumento do fluxo migratório. Das mais de 5,4 milhões de pessoas que haviam migrado da Venezuela para outros países ate janeiro de 2021, mais de 261 mil estavam no Brasil, segundo a Plataforma R4V. O estado de Roraima, na região Norte, e? a principal porta de entrada deste contingente, e é lá que ONU Mulheres tem atuado no atendimento de meninas e mulheres venezuelanas migrantes e refugiadas, a partir do programa Liderança, empoderamento...Leia mais >>>
"A partir de 2018, a crise humanitária venezuelana passou a ter impactos mais significativos no Brasil, com o aumento do fluxo migratório. Das mais de 5,4 milhões de pessoas que haviam migrado da Venezuela para outros países ate janeiro de 2021, mais de 261 mil estavam no Brasil, segundo a Plataforma R4V. O estado de Roraima, na região Norte, e? a principal porta de entrada deste contingente, e é lá que ONU Mulheres tem atuado no atendimento de meninas e mulheres venezuelanas migrantes e refugiadas, a partir do programa Liderança, empoderamento, acesso e proteção para mulheres migrantes, solicitantes de refúgio e refugiadas no Brasil (LEAP). O programa LEAP é conduzido por ONU Mulheres em parceria com o Fundo de População das Nações Unidas (UNFPA) e o Alto Comissariado das Nações Unidas para Refugiados (ACNUR), com financiamento do Governo de Luxemburgo. Assinado em 2018 e em implementação desde 2019, o programa tem como objetivo apoiar o governo brasileiro na resposta adequada às necessidades de mulheres migrantes e refugiadas no Brasil ? agravadas a partir de 2020, com a pandemia de COVID-19."
Tipo de Arquivo: PDF Tamanho: 7.6 MB Quantidade: 16 páginas

Programa Conjunto LEAP ? Liderança, Empoderamento, Acesso e Proteção para mulheres migrantes, solicitantes de refúgio e refugiadas no Brasil ? Estudo de caso

2021 ONU Mulheres Brasil, ACNUR, UNFPA Ação Humanitária

"A partir de 2018, a crise humanitária venezuelana passou a ter impactos mais significativos no Brasil, com o aumento do fluxo migratório. Das mais de 5,4 milhões de pessoas que haviam migrado da Venezuela para outros países ate? janeiro de 2021, mais de 261 mil estavam no Brasil, segundo a Plataforma R4V. O estado de Roraima, na região Norte, e? a principal porta de entrada deste contingente, e é lá que ONU Mulheres tem atuado no atendimento de meninas e mulheres venezuelanas migrantes e refugiadas, a partir do programa Liderança, empoderament...Leia mais >>>
"A partir de 2018, a crise humanitária venezuelana passou a ter impactos mais significativos no Brasil, com o aumento do fluxo migratório. Das mais de 5,4 milhões de pessoas que haviam migrado da Venezuela para outros países ate? janeiro de 2021, mais de 261 mil estavam no Brasil, segundo a Plataforma R4V. O estado de Roraima, na região Norte, e? a principal porta de entrada deste contingente, e é lá que ONU Mulheres tem atuado no atendimento de meninas e mulheres venezuelanas migrantes e refugiadas, a partir do programa Liderança, empoderamento, acesso e proteção para mulheres migrantes, solicitantes de refúgio e refugiadas no Brasil (LEAP). O programa LEAP é conduzido por ONU Mulheres em parceria com o Fundo de População das Nações Unidas (UNFPA) e o Alto Comissariado das Nações Unidas para Refugiados (ACNUR), com financiamento do Governo de Luxemburgo. Assinado em 2018 e em implementação desde 2019, o programa tem como objetivo apoiar o governo brasileiro na resposta adequada às necessidades de mulheres migrantes e refugiadas no Brasil ? agravadas a partir de 2020, com a pandemia de COVID-19."
Tipo de Arquivo: PDF Tamanho: 1.634 KB Quantidade: 21 páginas

Cartilha – Casa da Mulher Brasileira

2021 ONU Mulheres Brasil, ACNUR, UNFPA Ação Humanitária

Uma criação conjunta de ACNUR, ONU Mulheres e UNFPA a partir do programa LEAP - Liderança, Empoderamento, Acesso e Proteção para mulheres migrantes, solicitantes de refúgio e refugiadas no Brasil, em parceria com a Fraternidade - Federação Humanitária Internacional.
Tipo de Arquivo: PDF Tamanho: 1.097 KB Quantidade: 22 páginas

Cartilha – Assédio sexual no mercado de trabalho

2021 ONU Mulheres Brasil, ACNUR, UNFPA Ação Humanitária

Uma criação conjunta da ONU Mulheres, ACNUR, e UNFPA a partir do programa LEAP - Liderança, Empoderamento, Acesso e Proteção para mulheres migrantes, solicitantes de refúgio e refugiadas no Brasil.
Tipo de Arquivo: PDF Tamanho: 219 KB Quantidade: 3 páginas

Fluxo de Encaminhamentos Durante a Pandemia de COVID-19

2020 ONU Mulheres Brasil, Luxembourg Aid & Development, UNICEF, ACNUR, UNFPA Ação Humanitária

"Você é informado ou identifica um incidente de VIOLÊNCIA de gênero com adultos, adolescentes ou crianças. O QUE DEVE FAZER? Os caminhos a serem percorridos vão depender do tipo de violência sofrida (física, psicológica, sexual, moral, patrimonial), porém é importante em primeiro lugar MANTER A SEGURANÇA DA SOBREVIVENTE."
Tipo de Arquivo: PDF Tamanho: 2.7 MB Quantidade: 32 páginas

CARTILHA DIREITOS DA MULHER PREVENÇÃO À VIOLÊNCIA E AO HIV | AIDS

2010 ACNUR, OPAS, UNAIDS, UNFPA, ONU Mulheres Brasil Prevenção e Fim da Violência contra as Mulheres

"Este guia informa as mulheres sobre as diversas situações de violência de que podem ser vítimas e como se prevenir e buscar ajuda. Também explica os direitos sexuais e reprodutivos e as formas de prevenção ao HIV/AIDS e a outras doenças sexualmente transmissíveis. A violência contra a mulher atinge mulheres dentro e fora da família e não é praticada somente por meio de agressão física, como tapas, socos, pontapés, chutes etc. Existe também a violência psicológica, moral, patrimonial e sexual. A violência sexual pode ocasionar gravidez indeseja...Leia mais >>>
"Este guia informa as mulheres sobre as diversas situações de violência de que podem ser vítimas e como se prevenir e buscar ajuda. Também explica os direitos sexuais e reprodutivos e as formas de prevenção ao HIV/AIDS e a outras doenças sexualmente transmissíveis. A violência contra a mulher atinge mulheres dentro e fora da família e não é praticada somente por meio de agressão física, como tapas, socos, pontapés, chutes etc. Existe também a violência psicológica, moral, patrimonial e sexual. A violência sexual pode ocasionar gravidez indesejada e abortos espontâneos, aumentando o risco de infecção por doenças sexualmente transmissíveis e pelo HIV. É importante saber que a violência pode ocorrer no espaço público e no espaço doméstico. Este guia tem por objetivo servir de auxílio para todas as mulheres vítimas de violência e para todas as pessoas que queiram atuar no enfrentamento á violência contra a mulher."